FUTEBOL DE CAMPO

FUTSAL

SELEÇÃO BRASILEIRA

Mais Esportes

CONFIRA MAIS

Galeia de Imagens

» » Esportes adaptados para cadeirantes


Não é mais novidade o fato de que o termo inclusão social ganha importância gradativa em todas as esferas sociais. Nos esportes, se potencializa ainda mais pela própria essência de superação e quebra constante de recordes. E o número crescente de praticantes cadeirantes em modalidades adaptadas fortalece todo contexto.

O início dos esportes para os deficientes se deu a 56 anos, na época da II grande guerra mundial. Um médico Inglês teve esta idéia para aumentar a integração dos deficientes à sociedade e proporcionar mais um tipo de atividade, onde as pessoas trabalhariam com a mente e o corpo, resultando numa melhor reabilitação física e mental. Daquela época em diante, foram criadas ou adaptadas várias modalidades esportivas, para diferentes tipos de deficiências e, diversas competições, gerando atletas amadores e profissionais.

Importante: na lesão medular, é imprescindível que, antes de qualquer prática esportiva ou esforço físico, a pessoa seja avaliada por médicos especialistas em lesão medular, sobretudo o fisiatra, ortopedista e neurologista, para constatar que o esforço físico não trará nenhum dano ao corpo, como nos casos de seringomielia, colunas mau fixadas por hastes e ou fios, e outros.

Competições

Existem inúmeras competições para atletas profissionais ou amadores, dividas em regionais, inter-municipais, inter-estaduais, nacionais, internacionais e olímpicas.

Para que não haja uma disparidade entre os competidores, para a maioria das competições, existe uma classificação, levando em conta o tipo de deficiência e grau de comprometimento, fazendo com que nas competições vença o melhor, aquele que tenha mais treino, habilidade e técnica, e não vencer, porque tem mais movimentos e/ou força, por diferentes níveis de lesão na medula, por exemplo.

Paraolimpíadas

Os jogos Paraolímpicos são realizadas no mesmo país e locais de competição das Olimpíadas, duas semanas após o seu término. As piscinas, os ginásios, as quadras de esportes, raias de iatismo, velódromos, estádio de atletismo, ruas da cidade para corridas, etc., são os mesmos utilizados pelos atletas não deficientes.

A palavra Paraolimpíada não significa "Olimpíadas de paraplégicos ou deficientes", e sim "Paralela aos Jogos Olímpicos".

As primeiras Paraolimpíadas foram realizadas em 1960 em Roma, na Itália. A partir deste momento, sempre, após duas semanas do término dos Jogos Olímpicos, são realizados os Jogos Paraolímpicos.

As modalidades olímpicas são:

Arco e flecha, atletismo, basquetebol, bocha, ciclismo, esgrima, equitação, futebol, golbol, halterofilismo, iatismo, judô, natação, rugby em cadeira de rodas, tênis de campo, tênis de mesa, tiro e voleibol.

Modalidades esportivas

As pessoas poderão escolher entre diversas modalidades esportivas, conforme os tipos de deficiências e as limitações que elas proporcionam.

Algumas modalidades

Seguem alguns dos esportes praticados por pessoas com algum tipo de deficiência:

Arco e flecha, atletismo, automobilismo, basquetebol, bocha, canoagem, ciclismo, down-hill de cadeira de rodas, esgrima, equitação, esqui aquático, esqui na neve, futebol, golbol, halterofilismo, iatismo, judô, mergulho com cilindro, mergulho livre, natação, para-quedismo, rafting, rappel, rugby em cadeira de rodas, tênis de campo, tênis de mesa, tiro, voleibol, vôo livre, ultraleve e outros.

Foto: Mafalda Perez

Ricardo Moura

Você acompanha o Blog Canguçu Sports, levando informações esportivas online para o internauta a seis anos, entre em contato editorresponsavel@gmail.com Fone (48) 8485-0130 Florianópolis-SC
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Escreva um Comentário

Select Menu